11/05/2022

Sesi Vôlei Bauru vence peruanas e é terceiro no Sul-Americano de Clubes  

Foto por: Divulgação

Equipe bateu Regatas Lima por 3 a 0 e conquistou o inédito bronze na competição

Fonte: Marcelo Ferrazoli - Assessoria de Imprensa Sesi Vôlei Bauru

O Sesi Vôlei Bauru encerrou a temporada 2021-2022 fazendo história. Venceu o Regatas Lima por 3 a 0 (29/27, 25/18 e 25/21), nesta terça-feira, na Arena Dentil, em Uberlândia, e garantiu de forma inédita o terceiro lugar no Campeonato Sul-Americano de Clubes, competição em que disputou pela primeira vez.

 

A conquista do bronze sul-americano coroou a melhor temporada da história do Sesi Vôlei Bauru, que ficou marcada pelo título inédito da Copa Brasil 2022 e também pela terceira colocação da Superliga 2021-2022. Agora, o Sesi Vôlei Bauru entrará em recesso e deverá retomar as atividades visando a temporada 2022-2023 no início de julho, quando iniciará a pré-temporada.

 

O jogo

O primeiro set começa com o time peruano abrindo 7/3, mas o Sesi Vôlei Bauru logo se ajusta empatando no 10/10 e conseguindo vantagem de três no 14/11, quando o Regatas Lima pede tempo. A equipe peruana reage e busca o empate no 16/16, momento em que Rubinho para o jogo. Na sequência, o Regatas Lima passa à frente no 23/22 e Rubinho pede tempo novamente. O duelo segue bastante equilibrado até o Sesi Vôlei Bauru conseguir vantagem mínima e fechar a parcial em 29/27.

 

No segundo set, o Sesi Vôlei Bauru melhorou o desempenho, conseguindo controlar as ações do início ao fim, e, sem sustos, fecha a parcial em 25/18. O terceiro set foi mais equilibrado, mas com o Sesi Vôlei Bauru sempre à frente até fechar a parcial em 25/21.

As maiores pontuadoras do Sesi Vôlei Bauru no confronto foram a oposta Nia Reed, com 21, a ponteira Thaisinha, com 14, a central Adenizia, com 11 e a ponteira Suelle, com 9. Adenizia também foi escolhida como a segunda melhor central da competição.

 

Rubinho avalia

Ao avaliar a temporada e também o desempenho da equipe no Sul-Americano de Clubes, o técnico Rubinho, que comandou o time em quadra mesmo após o falecimento de seu pai, na madrugada desta terça-feira, destacou que o Sesi Vôlei Bauru está em processo de evolução e buscando novos passos em sua história.

 

O Minas e o Praia vem dominando o voleibol nacional nas últimas quatro temporadas e já conquistaram o sul-americano e jogaram mundiais, mas para nós é um passo a mais e estamos arranhando e incomodando esses dois times. Conseguimos ganhar uma Copa Brasil e estamos aqui com eles, que decidiram tudo na temporada e estamos naquela outra briga para ver quem consegue chegar perto deles. Isso representa muito para nós e é um passo. O Minas e Praia estão neste patamar hoje, que leva tempo e é um processo que tem de ser melhorado ano a ano, temporada a temporada. Não chegamos onde gostaríamos e podemos não gostar e ficarmos chateados, mas demanda tempo. E os times que estão fazendo a final agora já estão há muito tempo disputando esta competição. Tudo se constrói e é um processo e o Sesi Vôlei Bauru está neste processo”, destacou o treinador em entrevista ao Sportv, logo após a conquista do terceiro lugar.