12/01/2022

Milton Serra comanda a AGEE/Atacadão na Superliga B

Foto por: Jonas Bezerra/AGEE

-

Fonte: Jonas Bezerra/Assessoria de Imprensa AGEE

São Carlos (SP) - Depois de conquistar a Superliga C, a equipe são-carlense da AGEE/Atacadão retorna aos treinos após o recesso de final de ano, visando à disputa da edição 2022 da Superliga B com início em 21 de janeiro próximo.

A equipe são-carlense vem com algumas reformulações em seu elenco e, principalmente, na comissão técnica. Para a disputa da competição, a equipe será comandada pelo experiente técnico Milton Serra que assumiu o cargo no início de janeiro, Integra a comissão técnica o assistente Dennis Faust (Perugia/ITA e Pinheiros/BRA).

 

Sobre o novo desafio no início deste ano, o técnico Milton Serra comenta: “Ao assumir a equipe aproveitei o trabalho que foi feito pela comissão técnica anterior e, gradativamente, estou implantando a nossa maneira de trabalhar. O bom é que eu já conhecia a grande maioria das atletas.

Algumas já trabalharam comigo e outras foram adversárias e isso está sendo muito positivo”.

Sobre o projeto, ele disse: “Vamos fazer o projeto crescer em todos os sentidos. Particularmente, sou movido a desafios. Agora é trabalhar, trabalhar, trabalhar, conquistar os resultados necessários para chegar às semifinais e, em seguida, à final”.

Da participação de sua nova equipe na divisão de acesso à principal competição de vôlei do país, o novo técnico concluiu: “Vamos entrar sempre para ganhar. O objetivo é ser campeão, respeitando o trabalho de todas as outras equipes. Pés no chão e sonhos na cabeça, um passo de cada vez, pois toda jornada é construída passo a passo”.

A AGEE/Atacadão estreia fora na competição. As meninas de São Carlos encaram o Bluvolei, em Blumenau/SC, no dia 21, às 19h.

 

BREVE HISTÓRICO

MILTON SERRA, 62, formado em Educação Física pela USP (1979), com especialização em voleibol também pela USP (1980). É técnico de voleibol Nível 4 pela CBV (Confederação Brasileira de Voleibol).

Trabalhou em escolas, gestão e voleibol nos primeiros anos de carreira e, a partir do início dos anos 90, dedicou-se ao voleibol. No início dos anos 2000, e por aproximadamente 10 anos, trabalhou com voleibol e no Ensino Superior.

Hoje é funcionário concursado da Secretaria de Esportes de São Bernardo do Campo/SP, onde trabalha com vôlei. É professor convidado da Pós-Graduação em Voleibol na FMU.

No vôlei passou por dezenas de equipes desde a base, a universitária até a profissional – como São Bernardo Vôlei, Copel Telecom Maringá, São Bernardo, BMG/São Bernardo, Palmeiras/Parmalat, Telesp Clube, União Suzano, CA Paulistano entre outros.

Foi técnico da Seleção Universitária Paulista (1987, 1988 e 1991), foi auxiliar técnico da Seleção Brasileira Adulta Masculina (1991), trabalhando no centro de treinamento; assistente técnico da Seleção Paulista Infanto-Juvenil Masculina (1985/86) e preparador físico da Seleção Paulista Feminina (1984).