01/11/2021

Superliga C 2021 tem início nesta semana em Suzano

Foto por: Divulgação

Torneio disputado na Arena vale vaga na segunda divisão nacional de 2022

Fonte: Leonardo Moreira - Paris Assessoria

 

A Superliga C começa sua edição de 2021 nesta semana, com sede na cidade de Suzano. A competição equivale à terceira divisão do voleibol nacional e o Suzano Vôlei estreia nesta quarta-feira (3 de novembro) pela chave Sudeste-SP, em um grupo formado por Iacanga/RH Fitness e Unisantanna/Diadema. Os ingressos para todos os dias de competição seguem a venda no site oficial do clube (www.suzanovoleioficial.com.br/ingressos).

O torneio organizado pela Confederação Brasileira de Vôleibol (CBV) tem 31 equipes envolvidas na tabela geral. Dividida em cinco chaves regionais de seis equipes cada (Sul, Sudeste-SP, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste-MG, sendo esta a única região com sete times), a Superliga C começa nesta quarta-feira e vai até o próximo domingo (7 de novembro), quando acontece a grande final. Após o quinto lugar no Campeonato Paulista, este é considerado o grande desafio do clube suzanense para a temporada.

Na chave paulista, serão seis equipes entrando em quadra na busca pelo sonhado acesso à Superliga B, que equivale ao segundo nível do vôlei brasileiro. Nesta região, que tem como equipe-sede o Suzano Vôlei, estão outros cinco times: Iacanga/RH Fitness, Unisantanna/Diadema, Super Vôlei/Santo André, Sesi Osasco e Santos Vôlei/Praia Grande. Para a fase inicial, disputada entre os dias 3 e 5 de novembro, haverá dois grupos, com três clubes cada.

No grupo A, o time do Alto Tietê enfrenta iacanguenses e diademenses; na outra chave, os atletas do Sesi encaram santistas e santoandreenses. Apenas os dois melhores de cada agrupamento avançam para as semifinais, definidas em jogo único, bem como a final, que define o campeão da chave geral no próximo domingo, dia 7.

Este, junto dos campeões das outras quatro regiões, será promovido à Superliga B de 2022, com início marcado para os primeiros meses do ano. A supervisora da equipe, Ana Paula Ferreira, fala sobre a organização do torneio, que pela primeira vez na história, acontece na cidade suzanense. "Ainda que este seja um projeto novo, é quase impossível separar o passado dessa nova geração. Prova disso é o apoio que o nosso time, ainda jovem, está recebendo da cidade, além do reconhecimento por parte da CBV em utilizar a estrutura daqui. Com essa torcida nos empurrando na Arena, vamos muito fortes para esse torneio, que é o nosso grande foco desse semestre", comentou.

O ponteiro Sérgio Felix, um dos atletas mais experientes da equipe de Alessandro Fadul, relata os dias de trabalho que antecedem a competição, considerada o foco principal deste ano. "Não tem como negar que os dias que vêm antes de um jogo ou uma competição importante não gerem uma expectativa, seja você um atleta experiente ou não. O trabalho vem sendo constante desde o Paulista e temos certeza que faremos uma grande Superliga para buscar esse acesso", pontuou.

Em parceria com a Sabesp, a venda de ingressos por parte do Suzano Vôlei segue nesta semana no site oficial do clube (www.suzanovoleioficial.com.br/ingressos) com a possibilidade de adquirir entradas para um dia de rodada dupla a partir de R$ 10,00, ou para todos os jogos da competição, em um combo especial que está a venda por R$ 50,00.

O Suzano Vôlei também fará uma ação exclusiva nesta terça (02/11), com um polo presencial no portão principal da Arena Suzano das 10 às 16 horas, com a venda e a distribuição de ingressos sociais. Para fazer a retirada das entradas solidárias, basta levar um quilo de alimento para trocar por um tíquete. As entradas pagas que serão comercializadas têm preço de R$ 20 a cheia e R$ 10 a meia.