FPV - Federação Paulista de VolleyBall

CAMPEONATO PAULISTA DIVISÃO ESPECIAL


Em desvantagem na semifinal, equipe bauruense terá de vencer rivais duas vezes fora de casa







Fonte: Marcelo Ferrazoli - Assessoria Vôlei Bauru

Bauru (SP) - A tarefa não é fácil, tampouco simples para o Vôlei Bauru garantir a tão sonhada vaga inédita à final do Campeonato Paulista 2017. Vencer o Vôlei Nestlé/Osasco, atual pentacampeão estadual, maior campeão do Estado e que marcou presença em todas as últimas seis decisões da competição, em sua casa, em pleno Ginásio José Liberatti, neste sábado, 7, a partir das 9h30, no segundo e decisivo duelo das semifinais. E por duas vezes. Detalhe: o time osasquense não é derrotado em seus domínios há 22 partidas.

Em desvantagem nas semifinais após ter perdido o primeiro confronto, no Ginásio Panela de Pressão, na última terça-feira, por 3 sets a 1, o Vôlei Bauru só se classifica à finalíssima do Estadual caso ganhe do Vôlei Nestlé/Osasco por qualquer placar (3 a 0, 3 a 1 ou 3 a 2), empatando a série, e também vença o golden set ( set extra único de 25 pontos realizado logo após a segunda partida).

Apesar do cenário desfavorável, o time bauruense crê na possibilidade da virada e da conquista inédita e histórica da vaga à final. “ O primeiro ponto é acreditarmos que podemos conseguir a vaga. Mostramos dentro do primeiro jogo que temos essa possibilidade de vencer fora de casa, pois tivemos muitos momentos que conseguimos atuar à frente do placar e isso é muito importante. Entendemos o que fizemos de bom, mas precisamos melhorar em alguns pontos que deixamos a desejar. Nosso nível de concentração caiu um pouco e em algumas ocasiões elas arriscaram bastante no saque, conseguindo aces que nos desestabilizaram. Precisamos ter atenção nesses detalhes”, analisa o técnico do Vôlei Bauru, Fernando Bonatto.

Além disso, o treinador bauruense enfatiza ser fundamental a equipe ser disciplinada, taticamente e tecnicamente, para conseguir o triunfo diante do poderoso rival. “O que eu digo para elas sempre é o seguinte: troquem o nome de voleibol por disciplina. Para enfrentar um time como o Osasco, com um poder de ataque pesadíssimo e ofensivamente um dos melhores times do Brasil, você precisa ter disciplina o tempo todo. Claro que em todos os jogos precisamos disso, mas quando se encara uma equipe dessa precisamos ir além. Assim evoluímos o nosso jogo e, sem disciplina, não conseguimos isso.”

A ponteira Paula Pequeno também acredita na superação do time bauruense. “Agora é cabeça boa, coração forte e sangue bombando porque sabemos que será um desafio muito difícil. Estudamos o primeiro jogo, pegamos o que temos de bom e levaremos para a segunda partida com as almas tranquilas e sabendo que é possível ir atrás de algo realmente acreditando, por mais que seja muito difícil, até pela tradição de Osasco, mas não é impossível”, destaca a atleta.



Outra semifinal

Na outra semifinal, o Hinode/Barueri venceu o Pinheiros por 3 a 1, em Barueri, no primeiro duelo. O segundo e decisivo duelo da série será nesta sexta-feira, 6, às 17h45, em São Paulo.



Transmissão

O jogo entre Vôlei Nestlé/Osasco x Vôlei Bauru será transmitido ao vivo pelo canal Sportv2.


Patrocinadores / Parceiros

Entidades

Torneios

Novo endereço:
Rua Manuel da Nóbrega, 796
Parque Ibirapuera
São Paulo, SP

E-mail: fpv@fpv.com.br

Telefones temporários:
(11) 3889-7302 / 3887-1039
(11) 9 8799-2656 / 9 8799-2706

Copyright © 2014 Federação Paulista de Voleyball - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento PWI