FPV - Federação Paulista de VolleyBall

CAMPEONATO PAULISTA DIVISÃO ESPECIAL


Equipe bauruense perdeu por 3 sets a 1 e agora terá de vencer rivais duas vezes fora de casa



Fonte: Marcelo Ferrazoli - Assessoria Vôlei Bauru

Bauru (SP) - O Vôlei Bauru não começou bem na luta para garantir uma vaga à final do Campeonato Paulista 2017. Foi superado pelo atual campeão Osasco por 3 sets a 1 (parciais de 18/25, 25/23, 14/25 e 23/25), nesta terça-feira à noite, no Ginásio Panela de Pressão, no primeiro duelo das semifinais e está em desvantagem na briga pelo cobiçado lugar na próxima fase da competição. A decisão da série será no próximo sábado, 7, às 9h30, no Ginásio José Liberatti, em Osasco, onde o time bauruense terá de vencer duas vezes as rivais para “carimbar” o lugar entre os quatro melhores do Estadual.

O Vôlei Bauru só se classifica caso ganhe do Osasco por qualquer placar (3 a 0, 3 a 1 ou 3 a 2), empatando a série, e também vença o golden set ( set extra único de 25 pontos realizado logo após a segunda partida). Na outra semifinal, o Barueri venceu o Pinheiros por 3 a 1, em Barueri. O segundo e decisivo duelo da série será no dia 6 (sexta-feira), às 17h45, em São Paulo.

O jogo

No primeiro set, com o Vôlei Bauru começando com Juma, Dayse, Paula Pequeno, Palacio, Angelica, Valquiria e Shara Venegas, o Osasco inicia abrindo 3 a 0, mas o time bauruense logo reage e empata em 3 a 3. O duelo segue com os times trocando pontos e sem conseguir se distanciar no placar, mas o Vôlei Bauru chega a 16 a 13 com 16 minutos de parcial e Osasco para o jogo. No retorno o Osasco consegue a virada ao chegar em 18 a 17, fazendo com que o técnico Fernando Bonatto parasse o jogo. Em ace de Carol Albuquerque o Osasco vai a 19 a 17 e na sequência amplia para 21 a 18, obrigando Bonatto a pedir tempo novamente. No reinício Osasco aumenta para vantagem para seis pontos, vai a 24 a 18, ganhando tranquilidade para fechar a parcial em 25 a 18 em 25 minutos.

O segundo set começa novamente com Osasco abrindo vantagem, chegando a 5 a 1 em 3 minutos de parcial e fazendo Fernando Bonatto pedir tempo. O time bauruense volta melhor e diminui para apenas um ponto chegando a 6 a 5 e quem para o jogo desta vez é Osasco. No reinício o Vôlei Bauru empata em 6 a 6 e passa à frente ao chegar em 8 a 7. O time bauruense amplia a vantagem para 13 a 8 se aproveitando de erros do Osasco e o técnico osasquense, Spencer Lee, para o jogo. O Vôlei Bauru não mantém o ritmo, permitindo ao Osasco reduzir a vantagem para apenas dois pontos - 15 a 13 -, e Bonatto para o jogo. No reinício o time bauruense volta a abrir cinco pontos chegando a 18 a 13, mas o Osasco diminui a vantagem para apenas dois pontos. O Vôlei Bauru não se abala e consegue sustentar a liderança no placar e fechar a parcial em 25 a 23 em 31 minutos.

O terceiro set começa equilibrado sem nenhuma das equipes conseguindo se distanciar no placar até o Osasco chegar a 9 a 7 e Bonatto parar o jogo. No reinício Osasco amplia a vantagem para seis pontos ao chegar aos 15 a 9 e o técnico bauruense pedir tempo novamente. Em boa sequência no saque de Lorenne, com três aces seguidos, o Osasco amplia para 18 a 9. Com folga confortável no placar, Osasco administra a vantagem e fecha a parcial em 25 a 14 em 23 minutos.

O quarto set começa com o Osasco abrindo vantagem de quatro pontos - 8 a 4 - e Bonatto parando o jogo com seis minutos de parcial. O time bauruense volta a cometer muitos erros e Osasco se aproveita e aumenta para cinco pontos - 12 a 7 -, fazendo Bonatto pedir tempo novamente. O Vôlei Bauru reage, reduz a desvantagem para dois pontos - 12 a 10 - e Osasco para o jogo. No reinício Osasco sustenta a pequena vantagem até os 17 a 15, quando o Vôlei Bauru chega ao empate em 17 a 17 e a reta final da parcial fica disputada ponto a ponto até Osasco chegar aos 23 a 20. O Vôlei Bauru diminui para 1 ponto e encosta em 23 a 22, mas Osasco bloqueia Paula Pequeno e chega aos 24 a 22. Paula Pequeno faz 23 para o Vôlei Bauru e o Osasco fecha em 25 a 23 em 30 minutos. As maiores pontuadoras do time bauruense diante do Osasco foram a ponteira Palacio, com 19 pontos, a central Valquiria e a ponteira Paula Pequeno, com 12. Para o técnico Fernando Bonatto, o time pecou, principalmente, ao se desconcentrar em momentos cruciais da partida. “Em jogos com este alto nível, perder a concentração e a disciplina podem fazer a diferença entre a vitória e a derrota”, ressaltou Bonatto.



Patrocinadores / Parceiros

Entidades

Torneios

Novo endereço:
Rua Manuel da Nóbrega, 796
Parque Ibirapuera
São Paulo, SP

E-mail: fpv@fpv.com.br

Telefones temporários:
(11) 3889-7302 / 3887-1039
(11) 9 8799-2656 / 9 8799-2706

Copyright © 2014 Federação Paulista de Voleyball - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento PWI