FPV - Federação Paulista de VolleyBall

Começa a disputa por um lugar na semifinais do masculino

20/03/2007


Rio de Janeiro - A fase de quartas-de-final da Superliga masculina de vôlei 06/07, disputada em playoff melhor de três partidas, terá início nesta quarta-feira (21.03). Unisul/Nexxera (SC) x Santander/Banespa (SP) abrem as disputas a partir das 19h, no ginásio Forquilhão, em São José (SC). Às 19h30, o Telemig Celular/Minas (MG) enfrentará a Fátima/UCS (RS), no ginásio Arena Telemig, em Belo Horizonte. Às 20h, duas partidas: Cimed (SC) x On Line/São Leopoldo (RS), no ginásio Capoeirão, em Florianópolis; e Sada/Betim (MG) x Ulbra/UPTIME (RS), no ginásio Divino Braga, em Betim (MG).

Atual campeã e dona da melhor campanha na fase classificatória, a Cimed não perde em Superligas no ginásio Capoeirão desde o dia 4 de março de 2006: 3 sets a 1 para a própria On Line. Nos últimos dois confrontos diretos, a equipe catarinense venceu por 3 sets a 0 em São Leopoldo e no tie-break em Florianópolis. Já a equipe comandada por Marcelo Ramos está embalada por uma seqüência de nove vitórias consecutivas.

Unisul/Nexxera (SC), quarta colocada na fase classificatória, e Santander/Banespa (SP), quinta, farão um dos clássicos mais tradicionais do voleibol brasileiro. Nos últimos três anos, cada uma conquistou um título da Superliga. Os dois times trocaram de técnico durante a competição: Nutti assumiu no lugar de Chiquita na Unisul/Nexxera, enquanto Rubinho substituiu Paulo Cocco no comando do time de São Bernardo do Campo (SP).

Três vezes campeão, o Telemig Celular/Minas (MG), dono do ataque mais eficiente da competição (38,96%), terá pela frente a Fátima/UCS (RS), que conta com o oposto Leozão, segundo maior pontuador da competição, com 488 acertos em 28 jogos (média de 17 pontos por partida). O time mineiro ainda é o vice-líder nos rankings de saque (5,88%), defesa (16,68%), levantamento (35,24%) e recepção (49,94%).

A também tricampeã Ulbra/UPTIME (RS), que fez a terceira melhor campanha na fase classificatória, terá pela frente a estreante Sada/Betim (MG), responsável pela recepção mais eficiente da competição. E o bom aproveitamento neste fundamento facilita os ataques do dominicano Contreras e do ponteiro Gaúcho, que estão entre os principais pontuadores da Superliga, com 347 e 320 acertos, respectivamente. Já a equipe de Canoas (RS) demonstra um grande equilíbrio, tanto que está entre as seis mais eficientes em todos os fundamentos.

ANÁLISE DAS PARTIDAS

CIMED X ON LINE/SÃO LEOPOLDO

Renan Dal Zotto, técnico da Cimed – “Apesar da conquista do primeiro lugar na fase classificatória, nosso caminho será muito duro nos playoffs. A On Line/São Leopoldo está em ascensão após as nove vitórias consecutivas e tem jogadores experientes, além de uma comissão técnica jovem e qualificada. A equipe adversária está embalada e confiante. Tem um poder de ataque forte e é eficiente no saque. Para isso, temos de continuar sendo eficientes no saque, para que os demais fundamentos sigam funcionando. Mas não podemos ficar reféns do nosso saque“.

Marcelo Ramos, técnico da On Line/São Leopoldo – “Nosso grupo amadureceu bastante, superando as dificuldades encontradas durante a temporada. E superamos também o desfalque do central Schwanke, que se contundiu no joelho e está fora da Superliga. Com isso, tive de tirar o Kaio da posição de oposto e escalá-lo novamente na sua posição de origem (meio-de-rede). Quando não estávamos tão bem na Superliga, havia cobrança por bons resultados. Acredito que a On Line/São Leopoldo melhorou a partir do momento que o oposto Fabio, que estava na Turquia, e o levantador Sandro adquiriram ritmo de jogo. Assim como o meio-de-rede Salsa e o ponteiro Thiago, que estavam há dois meses sem jogar quando foram contratados. Enfim, metade do time se encontrava numa condição física inferior a dos demais atletas. Será um duelo dificílimo. Temos de tomar cuidado com o saque da Cimed”.

TELEMIG CELULAR/MINAS X FÁTIMA/UCS

Mauro Grasso, técnico do Telemig Celular/Minas – “A partir de agora, começa um novo campeonato. Nas últimas rodadas da fase classificatória, fizemos alguns revezamentos importantes. Administramos a condição física de atletas titulares, como o meio-de-rede Jardel, o levantador Rafinha, o oposto Samuel e os ponteiros Roberto Minuzzi e Ezinho, que precisaram de descanso para que evitassem uma possível contusão. Não podemos mais nos dar ao luxo de poupar alguns jogadores. Todos precisam estar 100% focados para os playoffs. Psicologicamente, estou sentindo a equipe mais leve, porque acabaram aqueles comentários sobre recorde de vitórias consecutivas. Vamos com tudo para o confronto com a Fátima/UCS”.

José Paulo Perón, técnico da Fátima/UCS – “Temos de trabalhar o tempo todo no limite. Nossa equipe reconhece a superioridade do Telemig Celular/Minas, mas tem personalidade para entrar bem nos playoffs. O primeiro jogo será disputado em Belo Horizonte, o que nos causará ainda mais dificuldades. Acima de qualquer fundamento que a Fátima/UCS esteja sendo eficiente, destaco a disciplina tática e o equilíbrio do grupo. No aspecto psicológico, a equipe está bem por tudo o que tem realizado ao longo da temporada. Disputamos a final do Campeonato Gaúcho, ficamos em terceiro lugar na Copa Mercosul, conquistamos o título dos Jogos Abertos do Rio Grande do Sul e culminamos com essa classificação para os playoffs da Superliga“.

ULBRA/UPTIME X SADA/BETIM

Percy Oncken, técnico da Ulbra/UPTIME – “Teremos grandes dificuldades pela frente nestas quartas-de-final. Haja vista que, pela fase classificatória, cada equipe conquistou uma vitória no confronto direto. A Sada/Betim venceu em Canoas (RS) por 3 sets a 0, enquanto a Ulbra/UPTIME ganhou por 3 a 1 em Betim (MG). Existe um equilíbrio entre os dois times. Nossa equipe destaca-se pelo plantel qualificado, oferecendo condições de revezamento. Temos de apostar no nosso saque e desestabilizar o passe adversário, além de ajustar o bloqueio para minimizar o poder ofensivo deles”.

Talmo, técnico da Sada/Betim – “A Ulbra/UPTIME tem uma equipe equilibrada em todos os fundamentos e ocupou os primeiros lugares da tabela do início ao fim da fase classificatória da Superliga. Tenho treinado a Sada/Betim enfatizando todos os fundamentos. Esse é o momento de olhar a minha própria equipe. A expectativa na cidade de Betim (MG) é de um grande confronto, com a certeza do ginásio lotado“.

UNISUL/NEXXERA X SANTANDER/BANESPA

Nutti, técnico da Unisul/Nexxera – “Faremos um grande clássico do voleibol brasileiro com o Santander/Banespa. São duas equipes tradicionais e que contam com belos jogadores. Psicologicamente, temos trabalhado bastante para deixar os jogadores tranqüilos nos playoffs. O importante é que a auto-estima esteja elevada. Com relação ao aspecto técnico, temos procurado aperfeiçoar o saque. Alguns jogadores que entram no decorrer das partidas são fundamentais, como o levantador Leandro, o atacante Jacke e o oposto Bruno, que se recuperou de uma lesão no ombro e já ficou relacionado entre os 12 jogadores nas duas últimas rodadas”.

Rubinho, técnico do Santander/Banespa – “O ponto forte do nosso time é a junção de fundamentos, como bloqueio, defesa e saque. Por isso, o conjunto e a questão tática têm sido fundamentais para o bom desempenho na Superliga. O Santander/Banespa evoluiu no bloqueio e manteve um bom aproveitamento na defesa. Teoricamente, o duelo entre Unisul/Nexxera e Santander/Banespa é o mais equilibrado. O adversário conta com jogadores eficientes no saque, como o meio-de-rede Henrique e os atacantes Thiago Sens e Thiago Alves. Acredito que a Unisul/Nexxera tem um grupo mais experiente do que o nosso. A equipe que tiver um maior equilíbrio será a vencedora“.

Fonte: CBV

Patrocinadores / Parceiros

Entidades

Torneios

Novo endereço:
Rua Manuel da Nóbrega, 796
Parque Ibirapuera
São Paulo, SP

E-mail: fpv@fpv.com.br

Telefone: (11) 3053-9560

Copyright © 2014 Federação Paulista de Voleyball - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento PWI