11/01/2021

Fora de casa, Osasco São Cristóvão Saúde encara o Fluminense nesta terça-feira (12)

Foto por: João Pires/Fotojump

Vice-líder da Superliga vai até o Rio de Janeiro em busca da segunda vitória seguida em 2021 para se manter na briga pela ponta da tabela

Fonte: ZDL

 

Janeiro, 2021 – Osasco São Cristóvão Saúde enfrenta o Fluminense nesta terça-feira (12), a partir das 19h30, no ginásio Hebraica, nas Laranjeiras, pela segunda rodada do returno da Superliga Banco do Brasil 20/21. No Rio de Janeiro, a equipe comandada pelo técnico Luizomar defende a vice-liderança do campeonato nacional e segue na briga pela ponta da tabela - está empatado em número de pontos com o Itambé Minas. O Canal Vôlei Brasil transmite a partida.

 

Após derrotar o Curitiba Vôlei, de virada, por 3 sets a 1, na abertura do returno, na sexta-feira (8), no ginásio José Liberatti, Osasco faz sua primeira partida fora de casa em 2021. “Mesmo sem torcida contra, em função da pandemia, jogar na casa do adversário é sempre um desafio. O Fluminense costuma se apresentar bem quando atua no Rio, mas estamos preparadas e dispostas a conquistar mais três pontos”, garante a líbero Camila Brait.

 

O retrospecto recente é favorável às osasquenses. No primeiro turno, ganharam por 3 sets a 0, com parciais de 15/17, 25/18 e 25/21. Essa partida foi disputada dia 13 de novembro do ano passado e teve Tandara com a maior pontuadora, com 17 acertos. “Esperamos repetir o resultado, se possível, jogando com mais eficiência e regularidade, pois seguimos buscando uma curva crescente em termos de desempenho até a fase final”, afirmou a oposta, que marcou 33 pontos na primeira rodada de 2021.

 

Osasco é vice-líder da Superliga 20/21 com o retrospecto de 11 vitórias em 12 partidas. Soma 33 pontos e só não ocupa a liderança porque o Itambé Minas leva vantagem no critério de desempate. O Fluminense aparece na parte inferior da tabela. Décimo colocado, ganhou duas vezes e acabou derrotado em oito ocasiões.