04/01/2019

Vôlei Renata se reapresenta no Taquaral e mira duelo pela Copa Brasil

Foto por: Divulgação

Confronto será no ida 10/1, em Taubaté

Fonte: Lucas Simionato/ESM

Campinas (SP} – O ano mal começou e o Vôlei Renata já voltou às quadras visando a sequência da temporada. Nesta quinta-feira (03), elenco e comissão técnica do time campineiro retomaram os trabalhos depois do recesso de final de ano de olho no primeiro compromisso de 2019, contra Taubaté, no próximo dia 10, pela Copa Brasil.

Depois da vitória por 3 a 0 sobre Itapetininga, pela Superliga, o Vôlei Renata parou por pouco mais de dez dias. Durante as comemorações de fim de ano, contudo, os atletas tiveram que seguir um cronograma de treinamento. Nesta quinta-feira, antes de iniciar as atividades, os atletas passaram por uma avaliação corporal supervisionada pelo preparador físico, Flávio Ciciliati.

“É necessário que os jogadores tenham esse período para que possam descansar a parte psicológica antes do restante da temporada. Encaixamos uma série de treinamentos para que não houvesse perda de força e, consequentemente, de rendimento na nossa volta. O pessoal se cuidou bem e agora podemos retomar os treinamentos de onde paramos”, comentou Ciciliati.

Depois de uma atividade na academia, os jogadores foram para quadra trabalhar com o técnico Horácio Dileo. Durante este início de ano, a equipe treinará em dois períodos. O primeiro compromisso do Vôlei Renata em 2019 será a Copa do Brasil. O time campineiro enfrenta EMS Taubaté Funvic, no próximo dia 10 (quinta-feira), às 20 horas, no Ginásio do Abaeté, no Vale do Paraíba, pelas quartas-de-final do torneio. Quem vencer vai disputar a fase final em Lages.

Pela Superliga, o primeiro compromisso também será fora de casa. No dia 13 (domingo), os campineiros enfrentam São Judas Vôlei, em São Bernardo do Campo, no jogo que marca a abertura do returno da competição. Os comandados do técnico Horácio Dileo ocupam a quinta posição com 17 pontos.

“Descansamos e agora é hora de trabalhar, focar na preparação, pois teremos uma sequência complicada neste início de ano, com jogo eliminatório”, encerrou o treinador campineiro.